Efeitos secundários

Já escrevi noutros posts que já lá vão que tenho alguma simpatia pelas frases que trazem consigo indignação e falta de sentido em doses generosas. É o caso desta prosa – que em boa hora fotografei, dado já ter sido apagada pelos diligentes serviços camarários de limpeza – que apela ao consumo da metilenodioximetanfetamina, também conhecida por ecstasy ou MDMA pela rapaziada do meio. Se é certo que este tipo de drogas está habitualmente associada a um certo lado lúdico e recreativo, não será menos verdade que os efeitos a prazo serão coisa para causar algum dano no cidadão que tomará tal coisa como uma criança – pelo menos, as que foram crianças na mesma altura do que eu – avia nos sugus. Razão terá o autor do muro, a dizer que se vive melhor graças ao MDMA, embora seja uma espécie de via sacra para o suicídio. Não se pode ter tudo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s