A discussão

O período de euforia futebolística que agora se inicia não é o mais propício para a discussão e debate de política, em virtude de a atenção ser direcionada mais para os pontapés na bola do que para o debate sobre o estado do país. Ainda assim, para além do braço-de-ferro entre o Governo e o Tribunal Constitucional, também a disputa interna no PS vai fazendo correr tinta nos jornais, opondo o estilo “Vou-me deixar estar aqui quieto, a ver se ninguém repara em mim” de António José Seguro ao “A ver se me ponho ao fresco e tiro o gajo de lá, que oportunidades destas não surgem todo os dias” de António Costa. No meio de toda esta discussão, será conveniente recordar que, não obstante estar na Oposição, o PS partilha culpas com quem está atualmente no Governo, em relação aos males recentes deste país e seria importante que o debate interno se fizesse sem renegar culpas no passado, para evitar novos contratempos no futuro. Daí que estas acusações não sejam vazias de sentido.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s